Posts tagged ‘The Beatles’

Beatles de Domingo

Nada como um pouco de Beatles para animar o domingão, né galere? A música de hoje, I Will,  é uma composição do Paul, que ele escreveu na época que os Beatles passaram na Índia.

A canção foi escrita toda para a mulher dele, Linda McCartney (embora na época eles ainda não fossem casados) e apareceu no White Album, de 1968. Para mim, essa é uma das músicas mais românticas já gravadas pelos Beatles (só perdendo para Something, obviamente).

Só uma curiosidade: não consegui descobrir porque, mas George Harrison não participou das gravações dessa música. Estranho, mas enfim. De repente acharam que era muito romantismo para uma pessoa só kkkkkk…

pra quem não entendeu a piada, é porque George foi quem compôs Something ;D


Anúncios

24/10/2010 at 7:41 pm 1 comentário

Beatles de Domingo

E nossa músiquinha de domingo para animar a semana é Act Naturally, uma música meio lado B dos Beatles, pouco conhecida.

Essa música é um cover de Buck Owens and the Buckaroos, e apareceu pela primeira vez no álbum Help!, de 1965. Em termos de letra ela não é uma das mais geniais, mas eu amo essa música porque ela sempre me faz sorrir! 😀

E,  o mais importante, é claro, foi a primeira música que deram para o Ringo (♥) cantar ahahahahaha

17/10/2010 at 4:53 pm 1 comentário

As Mulheres de John

Continuando nossa série de posts sobre os Beatles, vamos falar sobre as bofas do John!

A primeira mulher do John foi Cynthia Powell. Ele conheceu ela quando ambos estudavam Liverpool College of Art, em Liverpool. Foi um romance digno de filme – ela era super certinha e ele era o bad boy do colégio, e no ínicio ela não queria nada com ele. Mas John estava super apaixonado e não desistiu! Dizem que ela chamou a atenção dele por causa do cabelo loiro, que o lembrava de Brigitte Bardot.

Eles ficaram juntos por todo o tempo que os Beatles estiveram em Hamburgo, apesar de esconderem a relação do público, por ordem do empresário. Os biográfos de John dizem que a relação provavelmente não teria durado muito mais, se não fosse o fato da Cynthia ter engravidado – ela engravidou do Julian, o primeiro filho do John, e eles tiveram que se casar.  Ainda assim, John e Cyn foram felizes por mais seis anos, até Yoko Ono entrar na jogada.

Yoko é uma artista japonesa radicada nos Estados Unidos e, em 1966, ela, que já tinha sido casada e tinha uma criança do primeiro casamento, estava em Londres com sua instalação Ceiling Paint (basicamente uma escada que levava até  o teto, onde estava escrito em letras pequenas “Yes!”). Essa instalação chamou muito a atenção de John, um notório pessimista e o fato é que eles acabaram se conhecendo e se apaixonando à primeira vista, quando ele ainda estava casado com Cynthia.

Alguns consideram que Yoko foi a salvação na vida de Lennon – ele andava super deprimido, mas a relação com ela fez com que ele voltasse a ser feliz de novo e arranjasse um novo objetivo: promover a paz.  Outros culpam ela pelo fim dos Beatles – eu não acredito que ela sozinha tenha feito isso, mas ela certamente acelerou o processo.

John e Yoko não se desgrudavam – ele costumava levá-la até mesmo para dentro do estúdio, o que irritava muito os outros três Beatles (até porque ela adorava opinar sobre o que eles estavam fazendo). Com o fim da banda, eles se mudaram para New York e tiveram um filho, Sean Lennon, vivendo juntos até a morte de John, em 1980.

15/10/2010 at 8:13 pm Deixe um comentário

John Lennon + Mês dos Beatles

Depois de muito tempo sumidas, voltamos com esse post que vai dar início a uma série muito legal! Pra quem não sabe, hoje é anivers de 70 anos do John Lennon! Então começando hoje e terminando com o show do Paul McCartney (em Porto Alegre) iremos fazer vários posts com o tema da nossa banda-preferida-de-todos-os-tempos, the one and only, The Beatles!

Então vamos falar do aniversariante do dia! John Lennor era cantor, compositor, se arriscou como ator e ainda salvava o mundo nas horas vagas. Foi casado duas vezes, na primeira vez com Cynthia Powell, com quem teve Julian Lennon, e depois com Yoko Ono, com quem teve Sean Lennon. Muitas histórias e bizarrices envolvem a lenda que é John Lennon, mas é incontestável que ele foi um dos melhores músicos de todos os tempos e, do jeito estranho dele, colaborou para a paz mundial #muitomiss

Foi ele que fundou a The Quarryman na adolescência, banda que reuniu os também jovens de Liverpool, Paul McCartney e George Harrison. A sua consagração como compositor veio com os Beatles, em clássicos como All You Need is Love, Strawberry Fields Forever, Help! (que ele dizia ser uma de suas preferidas) e A Day in The Life, todas com a assinatura Lennon/McCartney.

Mas se John já era um Beatle que chamava a atenção, tudo se potencializou depois do seu casamento com Yoko. Quem nunca viu uma foto do famoso bed-in, dia em quem eles convocaram toda a imprensa pra se reunir no seu quarto de hotel e ficaram de pijamas horas e horas falando sem parar sobre a paz?

John era um gênio, e como todo o gênio ele era um ser complexo e muitas vezes problemático. Quando perguntado sobre sua música muitos anos depois, ele admitiu ter tendências agressivas. “Eu acredito sinceramente em paz e amor. Sou um homen violento que aprendeu a não ser violento e se arrepende da própria violência”. Além disso ele afirma que desde criança via “imagens alucinatórias” e quando descobriu o surrealismo percebeu que não era louco, apenas membro de “um clube exclusivo que vê o mundo desse jeito”.

 John morreu muito cedo, assassinado aos 40 anos, mas deixou um legado incrível… Esse ano foram lançados seus CDs da carreira solo remasterizados e ontem estreou nos EUA o filme Nowhere Boy, que conta a história da sua infância e adolescência. Como dá pra perceber, John Lennon está mais vivo do que nunca! Fiquem com ele cantando Imagine, mensagem perfeita e inesquecível que esse  Beatle nos deixou!

UPDATE: Acompanhe ao vivo aqui a partir das 17h o concerto benificente em Los Angeles organizado por Yoko Ono para celebrar o aniversário do John!

09/10/2010 at 1:03 am 1 comentário

Be Right Back

Sim, Gabi e eu estamos sumidas, mas não se preocupem! Estávamos lutando para comprar um ingresso para o show do Paul McCartney Estamos preparando posts super legais para nossos leitores!

Enquanto isso, fiquem com Sir Paul quando ele era gatuxo…

… e com a provável set list do show dele em Porto Alegre após o break ;D

 

 

(mais…)

08/10/2010 at 7:50 pm Deixe um comentário

Chamei uma galera aí pra tocar na minha festinha…

Bom, já que estamos em um clima Beatles e esse é um assunto que me interessa, quarta-feira rolou um rendez-vous (uhuuul, aula de francês! tô aprendendo!) na Casa Branca com a presença de ninguém mais ninguém menos que Paul McCartney, Stevie Wonder, Elvis Costello, enfim… toda essa galera sem talento. Macca recebeu um prêmio da Biblioteca do Congresso dos EUA e vários elogios de Barack Obama. Dizem que a galera se divertiu e requebrou o esqueleto com vontade! Pra completar, Paul McCartney cantou “Michelle” para a primeira dama dos Estados Unidos, Michelle Obama. É pra que pode né! Fiquem com o showzinho de Macca nessa quarta:

04/06/2010 at 2:49 pm Deixe um comentário

Yellow Submarine

Yellow Submarine é um filme dos Beatles de 1968, que eu assisti por indicação da Gabi.

O filme, uma animação, conta a história de Pepperland, um paraíso a 80 mil léguas submarinas que sobre o ataque dos Blue Meanies, e os Beatles acabam embarcando no submarino amarelo para ajudar a salvar Pepperland e trazer à música de volta ao lugar.

A história do filme, criada por Lee Minoff a partir de uma música do álbum Revolver (1964), é bem louca mesmo, mas o filme é bem divertido. O melhor são as músicas, é claro. O filme está cheio de clássicos como Eleanor Rigby, Lucy in the Sky with Diamonds, All You Need is Love, entre outros, mas também tem músicas um pouco mais desconhecidas, como as fofas When I’m Sixty Four e All Together Now.

Uma curiosidade: eu ouvi dizer que a Disney pretende fazer um remake da história, em 3D, e utilizando aquela técnica que captura os movimentos das pessoas, tipo a que foi usada em O Expresso Polar e os Fantasmas de Scrooge. Parece que eles pretendiam lançar a tempo para as Olímpiadas de Londres, em 2012, então eu não sei se é só um boato ou é fato mesmo.

De qualquer forma, o filme é bem divertido,  e vale a pena ser assistido.  É, afinal, uma parte da Beatlemania, então, se você não estiver fazendo nada em um domingo de manhã, essa é uma boa pedida!

04/06/2010 at 1:40 pm 1 comentário


As Seguidoras

Maria Fernanda tem 18 anos, muitos muitos livros e um fraco por bolsas. É de Escorpião, estuda Relações Internacionais na ESPM e adoraria morar em Londres. Costumava ver My Fair Lady e Guerra e Paz em vez de filmes infantis quando era criança. Seus únicos vícios são o Twitter e os cafés vanilla da Nestlé.

Gabrielle tem 18 anos, é do signo de Leão e estuda Jornalismo na PUC-RS. É fã de F.R.I.E.N.D.S, The O.C. e Sex and The City e sua vizinhança perfeita seria uma Livraria Saraiva e um Starbucks. Tem uma cachorrinha chamada Duda e adoraria morar em New York.

Bloglovin’

bloglovin