Posts tagged ‘Sex and the City’

Estilo Retrô: Bianca Jagger

Bianca Jagger foi tipo o maior ícone fashion da era disco! Nascida na Nicarágua em 1950, ela tranalhou como modelo, mas a fama veio mesmo com o casamento com o vocalista dos Rolling Stones em 1971.

O casanento, aliás, foi um bapho na época: um pouco por causa do noivo, mas principalmente por causa da roupa da noiva. Como eu já citei aqui, Bianca casou em um terno YSL branco sem blusa por baixo – algo que ninguém tinha feito antes. O mais engraçado da história toda é que Bianca depois declarou que não fez isso pensando em lançar moda e tal, mas foi sem blusa porque estava grávida de 4 meses, e a roupa tinha sido feita no ínicio da gravidez e, logo, a blusda não cabia mais.

O casamento acabou, mas Bianca continuou a badalar bastante, se tornando conhecida por ser habitué na concorridíssima Studio 54, uma das baladas mais seletas da NYC da época. Ela virou o ícone da era disco ao usar roupas do estilista Halston (o queridinho das it girls da época – o blog Moda Sem Frescura tem um post interessante sobre ele aqui) em plena luz do dia e na noite também, os combinando com saltos Manolo Blahniks.

Mas o momento mais memorável certamente foi quando, na sua festa de aniversário, ela adentrou o Studio 54 montada em um cavalo branco. Ela usava um vestido Halston, e o cara que puxava o cavalo usava glitter.

Nos anos 80, depois de se divorciar do Mick Jagger (com quem ela teve uma filha, a Jade Jagger), Bianca abandonou a badalação e virou uma ativista em defesa dos direitos humanos.

Aqui tem uma reportagem bem legal, com uma entrevista na qual ela fala sobre a influência que sua infância na Nicarágua teve na sua decisão de se dedicar aos direitos humanos.

Hoje, Bianca vive em NY.

Obs:  Sabiam que vários vestidos fabulosos que Carrie Bradshaw usa em Sex and the City 2 são Halston? Parece que a Sarah Jessica Parker é a diretora criativa da Halston Heritage, uma segunda linha que relança clássicos da marca (e óbvio, resolveu usar as roupas no filme, porque propaganda é a alma do negócio, néam? hauhsuahsuhaus)

21/06/2010 at 6:21 pm Deixe um comentário

Estilo: Carrie Bradshaw

Substituindo o Estilo Retrô dessa segunda, temos Estilo: Carrie Bradshaw, porque eu ainda estou na vibe SATC por causa do filme hahaha x)

Nossa querida Carrie nasceu no livro Sex and the City, da Candace Bushnell, mas foi com a série de mesmo nome (e no corpo de Sarah Jessica Parker e nas roupas de Patricia Field) que ela ficou famosa.


Carrie é uma revolucionária da moda:  seus looks são sempre não-convencionais, divertos e – o mais importante! – nunca são perfeitos.

Essa tendência camelônica não impede Carrie de ter sua única  invariante estética: os sapatos! Stilettos em todas as cores, quase sempre com saltos altíssimos e em geral feitos por Manolo Blahnik.

Apesar de amar designer clothing, Carrie não segue a moda. Um mix colorido de alta costura, roupas em liquidação e clássicos vintage, suas roupas sempre são fashion, mas preservam a atitude e a ironia características de nossa heroína preferida.

O que eu mais amo na Carrie é que, apesar das roupas e do closet absolutamente fantásticos, ela é gentchy como a gentchy – ela chora, quebra a cara, sente inveja, erra… Nos identificamos com ela, independentemente da cidade onde moramos, das amigas ou dos sapatos que temos, e eu acho que é por isso que a série, e agora The Carrie Diaries e os filmes, fizeram tanto sucesso.

07/06/2010 at 2:32 pm 2 comentários

The Carrie Diaries

Se você ficou meio órfão agora que Sex and the City 2 foi lançado, não se desespere!

Candace Bushnell (sou só eu ou vocês também acham uma coincidência tremenda o nome da autora ter as mesmas inicias do da Carrie?) resolveu esse problema para nós lançando The Carrie Diaries (ou Os Diários de Carrie, na versão em português recém-lançada pela Galera Record).

O livro é a história de Carrie antes de Sex and The City, como diz a capa. Ela ainda está no colégio, mora em uma cidade pequena e tem que lidar com suas duas irmãs, suas amigas e, é claro, seus amores (porque Carrie sem confusão amorosa não seria Carrie).

A Carrie dos anos 80 já apresenta traços da futura Carrie de Sex and the City: ambas são cool, saem muito, fumam e já são fashionistas. Só que não tem Miranda, Charlotte e Samantha; e comparadas à elas, as amigas que Carrie tinha no colégio são meio chatinhas.

Mas o livro em si é muito legal! A leitura prende mesmo, a ponto de conseguir distrair a gente até na pior das situações (no meu caso, foi esperar as outras pessoas fazerem a prova prática da auto-escola antes de mim). A autora disse em entrevista ao Chicago Sun Times que tinha um público mais adolescente em mente quando escreveu o livro, mas o livro acabou atingindo um público bem mais amplo, chegando até a ser indicado pela Oprah como um bom presente de Dia das Mães.

Seja você fã da série ou não, é uma leitura super recomendada!

29/05/2010 at 9:19 pm 2 comentários

Plantão Sex and The City 2

E saiu a primeira música da trilha sonora de SATC 2. Alicia Keys regravou Rapture, do Blondie.

Olha, não é por nada não, mas CHAMEM A FERGIE DE VOLTAAA!!
A trilha sonora do primeiro era TÂO melhor…

11/05/2010 at 7:18 pm 1 comentário


As Seguidoras

Maria Fernanda tem 18 anos, muitos muitos livros e um fraco por bolsas. É de Escorpião, estuda Relações Internacionais na ESPM e adoraria morar em Londres. Costumava ver My Fair Lady e Guerra e Paz em vez de filmes infantis quando era criança. Seus únicos vícios são o Twitter e os cafés vanilla da Nestlé.

Gabrielle tem 18 anos, é do signo de Leão e estuda Jornalismo na PUC-RS. É fã de F.R.I.E.N.D.S, The O.C. e Sex and The City e sua vizinhança perfeita seria uma Livraria Saraiva e um Starbucks. Tem uma cachorrinha chamada Duda e adoraria morar em New York.

Bloglovin’

bloglovin